Institucional

Apresentação

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) é uma autarquia municipal criada para implantar, operar e manter os sistemas de abastecimento público de água, coleta e tratamento de esgoto sanitário no Município de Campos Novos.

Conta com aproximadamente 60 servidores públicos que, atuando em diversas funções, organicamente distribuídas, possibilitam ao SAMAE desempenhar suas atividades na prestação dos serviços com qualidade e eficiência, atendendo 100% da população urbana, além de algumas localidades rurais.

Histórico

A autarquia foi criada por meio da Lei municipal nº 397 de 22 de agosto de 1966. A implantação do sistema de abastecimento de água teve início a partir de um financiamento feito junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), passando para a Fundação Nacional da Saúde (FUNASA) a gestão do SAMAE.

Em 1999, uma lei aprovada pelo Congresso Nacional determinou que a FUNASA encerrasse seu histórico de gestão de sistemas municipais de saneamento, passando a partir de então a Autarquia a autogerir-se.

Infraestrutura - Água

O SAMAE, atualmente, possui uma infraestrutura de abastecimento de água que compreende captações de água bruta, adutoras, estações de tratamento de água, reservatórios e rede de distribuição.

Além das unidades da sede do Município, faz parte dessa estrutura 5 poços artesianos e 2 captações de água de superfície, localizadas em suas respectivas localidades rurais, todos equipados com sistemas de cloração, fluoração e reservação de água para abastecimento público.

A captação de água bruta para abastecimento da sede do Município é feita no Lageado Restingão, que com três conjuntos motor bomba de 125 CV cada e uma linha de adução de aproximadamente 5 km, alimenta diariamente a Estação de Tratamento de Água com 70 l/s em média.

A Estação de Tratamento de Água, do tipo convencional, utiliza-se dos processos de mistura rápida, floculação, decantação, filtração e desinfecção para promover o tratamento da água para distribuição.

A reservação de água tratada atualmente conta com uma capacidade efetiva de 2 milhões de litros. A rede de distribuição espalhada por toda a área urbana, compreende tubulações em PVC de diversos diâmetros e um booster, bomba de pressurização de rede, localizado no bairro Aparecida.

No total, são aproximadamente 9.800 usuários (ligações de água) na sede do Município e 900 em algumas localidades rurais, devidamente equipados com hidrômetros para quantificação de consumo mensal de água.

Infraestrutura - Esgoto

A Autarquia conta com uma infraestrutura de coleta e tratamento de esgoto sanitário que compreende rede de esgotamento, estações elevatórias e Estações de Tratamento que, juntos, proporcionam a 80% da população coleta e tratamento adequado de esgoto sanitário.

As Estações de Tratamento de Esgoto do bairro Aparecida e do loteamento Valparaiso, utilizam processos de tratamento anaeróbio, seguidos de polimento em unidades de wetlands. No bairro Boa Vista localiza-se uma Estação de Tratamento que utiliza processos anaeróbios de depuração e no bairro Senhor Bom Jesus uma Estação cuja concepção é composta por reator anaeróbio de manta de lodo seguido de lagoas aeradas de estabilização.

A quinta Estação de Tratamento é uma das maiores em termos de vazão tratada localiza-se às margens da rodovia BR 470, próxima à Cooperativa Coocam e promove o tratamento de esgoto por meio da técnica de lagoas de estabilização anaeróbias e facultativa.

Em colaboração com o sistema de esgoto, temos ainda 4 estações elevatórias, cuja finalidade é bombear o efluente de regiões de cota mais baixa para pontos elevados da rede, a partir de onde segue por gravidade até as estações de tratamento.

Galeria de Fotos

Todos os direitos reservados - Samae

desenvolvido